O que você achou dessa matéria?
bom (1) ruim (0)
Publicado: 27/04/2018 | 690 visualizações

De 02 a 11 de maio, AGE discutirá greve nacional

De 02 a 11 de maio, a diretoria do Sindipetro Bahia estará nas unidades do Sistema Petrobrás realizando seções de Assembleia Geral Extraordinária para que a categoria avalie os indicativos da FUP, tirados durante o último Conselho Deliberativo da Federação, que aconteceu em Curitiba, dia 12 de abril. Entre eles, estão a aprovação de uma greve nacional contra as privatizações do Sistema Petrobrás e as retiradas de direitos dos trabalhadores próprios e terceirizados, além da defesa da democracia e da liberdade do ex-presidente Lula.

Desde a semana passada, o Sindipetro está realizando setoriais que antecedem a AGE, onde a categoria está tendo a oportunidade de debater sobre a gravíssima situação pela qual passa o país e os brasileiros e no caso dos petroleiros, se agrava agora, com o anúncio da venda da RLAM e Temadre. A partir do golpe de 2016, o Brasil vem descendo a ladeira em alta velocidade, com a retirada de direitos da classe trabalhadora, retrocesso social e econômico, além das tentativas de privatizações da Eletrobrás, do Sistema Petrobrás, Caixa Econômica e Banco do Brasil, entre outros.

Neste contexto, a situação da categoria petroleira não é nada confortável, ao contrário, ela tem sido atacada e se vê diante de um grande desafio: que é a defesa da Petrobrás como empresa pública. A luta é mais ampla, pois não se trata apenas de proteger os empregos e os direitos, mas defender o Brasil e os brasileiros.

O coordenador do Sindipetro Bahia, Deyvid Bacelar,  chama a atenção para “a possibilidade cada vez mais concreta da privatização do Sistema Petrobrás e o que virá a seguir, ou seja, a perda de direitos e de empregos”. Portanto, a participação de todos e todas na Assembleia Geral Extraordinária, que acontece de  02 a 11/05, é muito importante. 

Veja abaixo calendário de assembleias e participe!

Assembleia Geral Extraordinária

Indicativos

  1. Greve
  2. Manifesto a favor da democracia e contra a prisão de Lula
  3. Contribuição assistencial de 1% para a greve

Dia

Horário

Local

 

02/05 (quarta-feira)

7h

OPCAN/EVF UPGN

10h

IMBÉ

12h

BÁLSAMO

12h

PBIO

03/05 (quinta-feira)

12h

BURACICA

 

04/05 (sexta-feira)

7h

TAQUIPE

10h

SONDA SC 95 E 109

 

07/05 (segunda-feira)

7h

MIRANGA

7h

FAFEN/ UTE-RA/ BA 1/ ABP/MCY - Turma B e Adm

 

 

08/05 (terça-feira)

7h

SANTIAGO/ GASCAC

7h

TRANSPETRO

7h

TRANSPETRO JEQUIÉ

12h

ARAÇAS

15h30

RLAM/UTE-CF

Turma 3

 

 

 

 

09/05 (quarta-feira)

7h

FAFEN/ UTE-RA/ BA 1/ ABP/MCY Turmas C e A

7h

TRANSPETRO CAMAÇARI

7h

TRANSPETRO ITABUNA

7h30

RLAM/UTE-CF - Turma 4

15h30

RLAM/UTE-CF – Turma 5

17h

RLAM/UTE-CF – Adm

10/05 (quinta-feira)

9h

EDIBA

11/05 (sexta-feira)

7h

FAFEN/ UTE´s RA/BA/ ABP/MCY-

Turmas D e E

07h30

RLAM/UTE-CF - Turma 1

15h30

RLAM/UTE-CF - Turma 2

 

Clique aqui para ver o edital, publicado no dia 28/04, no jornal A Tarde! 

 

 

Fonte: Sindipetro - BA