O que você achou dessa matéria?
bom (0) ruim (0)
Publicado: 11/07/2018 | 191 visualizações

Sindipetro e Perbras formam comissão para discutir saúde e segurança no ambiente de trabalho

Na manhã da terça-feira, 10/07, o Sindipetro Bahia se reuniu com a direção da Perbras para tratar de questões relacionadas à saúde e segurança dos (as) trabalhadores (as).

Essa foi a primeira reunião de muitas que devem acontecer este ano com os departamentos de SMS das direções das empresas terceirizadas e também da Petrobrás.

As reuniões fazem parte da campanha “Ambiente Seguro, Trabalhador Saudável”, da Secretaria de SMS e Combate ao Assédio Moral e Sexual no Trabalho, do Sindipetro Bahia.

A campanha foi lançada no ano passado com objetivo de buscar um canal de diálogo com as empresas, mostrando a importância do ambiente seguro no trabalho para a saúde e bem estar do trabalhador e trabalhadora e também para o desenvolvimento e funcionamento das próprias empresas.

Da reunião com a Perbras, participaram o diretor de SMS do Sindipetro, João Marcos, os diretores Ariosvaldo Lima, Gilson Sampaio, Francisco Ramos e a técnica de segurança, Luciana Alves.

Em pauta, as condições de trabalho na empresa, adoecimento e acidentes e incidentes de trabalho ocorridos na Perbras nos últimos tempos. Os diretores do sindicato mostraram as estatísticas de acidentes baseadas nas CAT´s recebidas pela entidade sindical, demonstrando uma preocupação com a vida dos (as) trabalhadores (a). O sindicato falou da importância da promoção de um meio ambiente de trabalho cada vez mais saudável, saindo da cultura do improviso e investindo na prevenção.

A direção da Perbras apresentou um novo sistema de consequência - percepção de riscos laborais, segundo ela reconhecido nacionalmente, “que vem dando resultados satisfatórios desde sua fase inicial, incentivando aos trabalhadores (a) seu direito de recusa ao perceber risco iminente no ambiente e nos processos de trabalho”.

Ao final da reunião, ficou acordado que o Sindipetro e Perbras vão realizar um trabalho conjunto de conscientização e acompanhamento das ações ligadas à saúde e segurança dos trabalhadores (a), formando uma comissão que se reunirá a cada dois meses para tratar destes assuntos.

 Fonte - Sindipetro Bahia