O que você achou dessa matéria?
bom (0) ruim (0)
Publicado: 17/09/2018 | 1464 visualizações

Eleições são a única chance para  devolver a dignidade ao povo brasileiro

O incêndio que destruiu o  Museu Nacional do Rio de Janeiro – mais antiga instituição cientifica do país, no domingo (2/09) - transformando em cinzas 200 anos de história, é emblemático e pode ser utilizado como metáfora da atual situação do Brasil.


Assim como o museu, estamos assistindo à destruição da educação, da saúde, da ciência e dos direitos trabalhistas. A (PEC) 241/2016, que congelou os gastos públicos por 20 anos, para pagar a dívida pública, atingiu, em cheio, essas áreas tão sensíveis e essenciais para qualquer povo e nação.


Por outro lado, a aprovação da PEC não foi levada em conta pelo presidente golpista, que em busca de apoio político, fez concessões financeiras e não mediu gastos para agradar aos aliados, aprovando, inclusive, aumento de 16,38% para o judiciário federal. 


Outro baque foi a reforma trabalhista, que já traz consequências negativas para os trabalhadores, e, agora, com a legalização da terceirização da mão de obra em todas as atividades fins e a permissão da quarteirização, a precarização do trabalho vai aumentar na proporção que vão diminuir os concursos públicos.
No caso dos petroleiros a conta é uma das mais salgadas. Além do desmonte do Sistema Petrobrás, que está sendo vendido, unidade por unidade, a preços bem abaixo do mercado, a atual gestão da companhia está atacando os direitos dos trabalhadores da ativa, aposentados e pensionistas. Esse é o Brasil de hoje. Mas, felizmente, ainda há esperança de mudarmos esse quadro no dia 7 de outubro, elegendo candidatos que de fato representem os trabalhadores.

Procure se informar e não vote em candidatos, seja para a Presidência, Senado, Câmara Federal e Assembleia Legislativa da Bahia, que vão dar continuidade a esse projeto entreguista. Não vote em quem quer privatizar a Petrobrás, acabar com a AMS e com o Plano Petros.

Vote em quem defenda a soberania do Brasil, nossas riquezas naturais, nossos empregos e direitos. Garanta a representatividade da categoria petroleira nos espaços legislativo e executivo. 

 

Fonte – Sindipetro Bahia