O que você achou dessa matéria?
bom (2) ruim (0)
Publicado: 08/10/2018 | 255 visualizações

Totalmente reformada, subsede de Alagoinhas é reinaugurada com festa

Com uma bonita festa de confraternização, a subsede de Alagoinhas foi reinaugurada no sábado, 6/10, e entregue à categoria petroleira, totalmente reformada.

A casa, que abriga a subsede, localizada no centro de Alagoinhas, foi pintada e teve o salão de eventos e reuniões reformado para dar mais conforto aos associados e associadas. Também foram trocadas as janelas e instalado ar condicionado.

Os convidados de Salvador, Alagoinhas e cidades vizinhas, elogiaram a festa e consideraram o dia “bastante agradável, com música e comida de boa qualidade”.
O diretor do setor administrativo do Sindipetro, Francisco Ramos (Chicão), lembrou que a diretoria já havia decidido vender essa subsede e já estava há procura de uma sala no centro da cidade para alugar, mas o representante sindical Agilson Pinheiro, acabou convencendo a diretoria a investir na subsede, reformando o patrimônio.

Em conversa com os diretores André Araújo, Jorge Mota, Gilson Sampaio (Morotó) e Chicão, o representante sindical se comprometeu a ficar à frente da obra, o que fez com grande empenho.

Confraternização

Aproveitamos a ocasião para fazer uma confraternização, rever velhos amigos e bater um bom papo, ressaltou o diretor do setor de Seguridade Social, Políticas Sociais e do Idoso, do Sindipetro Bahia, Gilberto Silva, que disse estar muito feliz com a reinauguração de mais uma subsede, “é prova de que estamos trabalhando em prol da categoria”.

O diretor licenciado do Sindipetro Bahia, Radiovaldo Costa, que é morador de Alagoinhas, ressaltou a importância da subsede, que “é um ponto de referência para os trabalhadores da ativa, aposentados e pensionistas da Petrobrás, assim como para os petroleiros terceirizados”. Pelo fato de haver muitos petroleiros que moram em Alagoinhas e também nas  cidades vizinhas, essa acaba sendo uma subsede regional, analisa, Radiovaldo, que também parabeniza a direção do Sindipetro “por ter feito este investimento, visando um melhor atendimento à categoria”. 

Já o diretor do setor administrativo, Gilson Sampaio, acredita que após a reforma vai aumentar o número de associados que frequentam o sindicato. “Além das informações que eles podem ter, há ainda o espaço de lazer, com jogos de dominó, dama, baralho e sinuca”.

O diretor Francisco Ramos adianta que há planos para a recuperação de outras subsedes, “na medida do possível, vamos tentar fazer o melhor para a categoria”, afirma.

 

Fonte – Sindipetro Bahia