O que você achou dessa matéria?
bom (7) ruim (0)
Publicado: 28/08/2018 | 2212 visualizações

Sindipetro Bahia tem novo coordenador geral

O petroleiro Jairo Batista é o novo coordenador geral do Sindipetro Bahia. Ele foi escolhido para substituir Deyvid Bacelar, que estava à frente da entidade sindical desde 2014.

Deyvid assumiu a titularidade da Secretaria de Assuntos Jurídicos e Institucionais da Federação Única dos Petroleiros (FUP) e vem desenvolvendo um intenso trabalho que exige idas frequentes à Brasília, Rio de Janeiro, Curitiba, São Paulo r outros estados, para participar de diversas reuniões, mobilizações e de uma força tarefa, que vem tentando reverter no Senado e na Câmara Federal os prejuízos causados ao Sistema Petrobrás, ao povo brasileiro e à categoria petroleira pelo atual governo.

Desde o mês de junho, Deyvid vem tentando manter sua  atuação nas duas frentes , FUP e Sindipetro Bahia, mas as tarefas e responsabilidades assumidas por solicitação de instâncias superiores como a CUT nacional, FUP e CNQ e o receio de não poder continuar fazendo o melhor devido à falta de tempo, forçaram o dirigente sindical a abrir mão da coordenação, passando o dever a outro  jovem e também bem preparado diretor sindical.

Mandatos de luta e conquistas 

Ao assumir, em 2014, a Coordenação Geral do sindicato, Deyvid, juntamente com a diretoria eleita, traçou uma série de estratégias para colocar em prática, as promessas de campanha da Chapa 1, através da qual foi eleito.

Hoje, “tenho a satisfação de dizer que a maioria desses compromissos foram cumpridos. Conseguimos ampliar o envolvimento e a atuação da diretoria na base e nos transformamos em um sindicato cidadão, atento às questões sociais e também solidário com as outras categorias”.

Diante da conjuntura adversa instalada no país, após o golpe de 2016, com retrocessos sociais e políticos “foi  desafiador ficar à frente do Sindipetro Bahia”, admite Deyvid, citando as mudanças bruscas que ocorreram e que vieram a sepultar os momentos de crescimento da Petrobrás - inicio da Operação Lava Jato, os ataques à imagem da Petrobrás, a queda do preço do barril de petróleo (em 2014), a alta do dólar no país, que trouxeram impactos negativos para a empresa e para a categoria, que viu seus direitos históricos serem atacados.

Mas, mesmo diante de um contexto tão desastroso, "conseguimos manter os direitos da Categoria Petroleira, com o ACT 2015/2017 forte e renová-lo com poucas alterações para os anos de 2017/2019, além de intensificar a luta contra o Desmonte e Privatização do Sistema Petrobrás”.

Ele também ressalta o compromisso e ajuda da diretoria e dos funcionários do sindicato, que auxiliaram e foram peças importantes na reconstrução do Sindipetro, com destaque para o diretor financeiro da entidade, André Araújo, que efetuou um excelente trabalho organizando as finanças da entidade, que assumiu por diversas vezes a tarefa de auxiliar na coordenação da entidade, juntamente com os diretores do Setor Administrativo.

Para o ex-coordenador “é muito gratificante constatar que hoje o Sindipetro Bahia é referência nacional da luta da categoria petroleira e também por sua atuação junto aos movimentos sociais na Bahia, conseguindo alcançar, inclusive, uma grande influência na sociedade baiana, tratando grandes temas de amplo interesse da população em emissoras de rádios e TVs do estado e nos espaços políticos, ao ponto de hoje estarmos com uma candidatura da categoria petroleira para a Assembleia Legislativa da Bahia.

 Quem é Jairo Batista ?

Jairo tem 42 anos e trabalha no Sistema Petrobrás desde 2004. Nesses 14 anos de empresa, lotado no ISC/OSC/SCNE-I/SCBA, ele trabalhou na UO-BA (Araças, Taquipe, Op-Can, Buracica), RLAM e Transpetro.

Em 2014, entrou para a direção do Sindipetro Bahia, compondo a diretoria plena e em 2015 assumiu o Setor Jurídico da entidade sindical, passando a fazer parte da diretoria executiva.

Nos quatro anos fazendo parte da diretoria do Sindipetro, Jairo se mostrou uma pessoa bastante dedicada e presente, participando de todas as mobilizações e atividades promovidas pela entidade.  

Desde quando atuava na Segurança Patrimonial da Petrobrás, enfrentava a gerência, denunciando as arbitrariedades e se colocando ao lado dos companheiros de trabalho.

Jairo é graduado e pós-graduado em Direito, também, já atuou como Advogado em parceria com a OAB na defesa de cidadãs e cidadãos com problemas sociais e vem realizando diversas palestras em universidades e outros sindicatos, abordando a problemática do mundo do trabalho e da Geopolítica Mundial do Petróleo.

Portanto, o companheiro tem plenas condições de conduzir bem o sindicato, com a responsabilidade, dedicação e competência que a categoria petroleira merece.

“Eu estou pronto para dar prosseguimento aos desafios e à defesa dos direitos dos petroleiros e petroleiras, à luta contra a privatização do Sistema Petrobrás,  respeitando o voto e a confiança da categoria a essa diretoria, e, especificamente, ao trabalho efetuado por  Deyvid, que cumpriu muito bem o seu papel como coordenador geral”, afirma Jairo.

 Escolha

 Para escolher o nome do novo Coordenador Geral, a diretoria se reuniu com as suas correntes sindicais, que compõem o Sindipetro Bahia – a Articulação Sindical (majoritária), a Articulação de Esquerda e a CTB. Após várias reuniões chegaram ao consenso de que Jairo Batista seria o nome adequado para assumir a coordenação do Sindipetro Bahia até o final do mandato, em 2020, com o apoio de toda a diretoria e da Categoria Petroleira.

 

Fonte - Sindipetro Bahia