O que você achou dessa matéria?
bom (0) ruim (0)
Publicado: 12/12/2018 | 1200 visualizações

Em reunião com a UO-BA, Sindipetro expõe preocupação com venda de ativos e trata sobre acidentes e transporte

Ergonomia nos transportes terrestres e a venda de ativos da Petrobrás foram algumas das pautas discutidas entre membros do Sindipetro Bahia e a gerência geral da UO-BA, em reunião realizada na tarde de segunda-feira (3), na sede da Petrobrás, na Pituba. Ao todo, os membros das entidades discutiram oito temas.

Durante o encontro, o Sindipetro cobrou melhorias conti?nuas na renovac?a?o da frota de vei?culos automotores, apresentando as deficiências e irregularidades do transporte de passageiros da UO-BA.

Na quinta-feira (5), após denúncias feitas pela CIPA e pelo Sindipetro, a empresa se comprometeu a apresentar 3 ônibus por semana com as adequações necessárias. O sindicato acompanhará o resultado.

Também foi apresentada na reunião, a preocupação dos trabalhadores com a possível privatização do campo de Miranga, decorrente da venda do campo terrestre de produção, Riacho da Forquilha, do Rio Grande do Norte, oriundo do Projeto Topázio.  A gerência informou ter pouca influência nas decisões corporativas de venda de ativos, inclusive dos Campos Terrestres.

Participaram da reunião os diretores do Sindipetro, Leonardo Urpia (SMS), Radiovaldo Costa, Luciomar Machado e Matos Júnior. 

Saiba mais informações das pautas discutidas na reunião, clicando aqui.