O que você achou dessa matéria?
bom (1) ruim (0)
Publicado: 22/01/2019 | 1508 visualizações

Professor e ex-preso político lança, no Sindipetro Bahia, livro de memória sobre a resistência na ditadura

Condenado à prisão perpétua, durante a ditadura, na década de 1970, o escritor, professor universitário e ex-preso político, Paulo Pontes, lança na segunda-feira, 28, o livro Memórias da Resistência. O evento, que terá palestra do autor e sessão de autógrafos, acontece às 14h, no auditório do Sindicato dos Petroleiros da Bahia - Sindipetro Bahia. 

Em Memórias da Resistência, o pernambucano Paulo Pontes, nascido em 1945, conta histórias vividas por ele e outros companheiros, presos durante o golpe de 1964. O autor aborda as lutas do movimento estudantil em 1968, da guerrilha urbana, das torturas, dos nove anos de prisão na Penitenciária Lemos de Brito, da estrutura do Coletivo de presos políticos, das reivindicações, das greves de fome e do assassinato, sob tortura, da sua esposa, Lourdes Wanderlei.

O livro traz relatos, fotos e documentos de pessoas que participaram da militância clandestina no Recife, Natal e Salvador, se estendendo a fatos dos dias atuais.


SERVIÇO
O que:
Lançamento do livro Memórias da Resistência na Ditadura e Depois – Autor: Paulo Pontes
Onde: Auditório do Sindipetro Bahia – Rua Boulevard América, 55, Jardim Baiano.
Quando: 28 de janeiro, segunda-feira, às 14h
Valor do livro: R$ 40,00


Fonte: Sindipetro Bahia