Publicado: 29/05/2017

VI Congresso – [email protected] aprovam prestação de contas do Sindipetro Bahia

Na tarde do domingo, 28, após a eleição do Conselho Fiscal do Sindipetro, os congressistas participaram da Assembleia Geral Ordinária, aprovando a prestação de contas da entidade, referendando a aprovação do Conselho Fiscal, que já havia sido feita.

O diretor financeiro do sindicato, André Araújo, deu inicio às explicações lembrando a trajetória da entidade desde o seu desmembramento do sindicato dos químicos até os dias atuais, pontuando as dificuldades vividas nos aspectos políticos, jurídicos e financeiros.

De acordo com Araújo, a partir de 2014, com a eleição de uma nova diretoria várias ações de melhorias foram implementadas e o objetivo, segundo ele, é continuar construindo novos procedimentos para uma maior otimização dos recursos financeiros da categoria.

Através da apresentação do balanço financeiro, Araújo mostrou o bom desempenho da entidade, que acabou o ano de 2016 com um superávit líquido de R$ 3.700.796,94. O diretor financeiro também festejou o fato de a entidade ter liquidado uma dívida histórica com o INSS, pagando a última parcela do Refis.

Ele também informou que o sindicato contratou uma assessoria jurídica, especializada em direito imobiliário, para fazer um levantamento sobre os imóveis que pertencem à entidade.

Araújo reafirmou o compromisso com a transparência e a importância da participação da categoria no zelo e fiscalização com o patrimônio coletivo, administrado pelo sindicato.