O que você achou dessa matéria?
bom (0) ruim (0)
Publicado: 21/03/2018 | 529 visualizações

Em reunião, secretário Jaques Wagner garante compromisso do governo em defesa da FAFEN-BA

Em reunião com o Secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia e ex-governador do estado, Jaques Wagner, no final da tarde da terça-feira, 20/03, o Sindipetro Bahia conseguiu pautar e garantir vários encaminhamentos em defesa da continuidade do funcionamento da FAFEN-BA. 

Ficou acertada a realização de uma reunião, na tarde desta quarta-feira, 21/03, no Senado Federal, no gabinete do Senador Requião, com as presenças dos senadores da Bahia, Sergipe e Paraná, estados que produzem fertilizantes. O objetivo será o de traçar estratégias para manter o funcionamento dessas fábricas.  

Já na quinta-feira, 22/03, o governador do estado de Sergipe, Jackson Barreto, participará de uma reunião com o presidente da Petrobrás, Pedro Parente, e alguns deputados. O secretário Jaques Wagner se comprometeu a interceder, para garantir a participação do governador Rui Costa e parlamentares da Bahia, nessa reunião, para somar forças e pressionar a Petrobrás a manter as fábricas abertas.

Outro avanço foi ter deixado pré-definida uma audiência pública na ALBA, na primeira quinzena de abril, com a presença do governador do estado. O governador e parlamentares de Sergipe também serão convidados. A ideia é na sequência, tentar realizar outra audiência pública no estado de Sergipe.

O secretário se comprometeu a cobrar do governador o cumprimento dos compromissos feitos com o Sindipetro em relação à FAFEN. O sindicato também solicitou a garantia da presença da FUP na reunião dos governadores do Nordeste, para que a Federação apresentar os impactos da saída da Petrobras da região. O sindicato solicitou ainda que a Secretaria de Desenvolvimento Econômico faça uma intermediação para que a entidade sindical dialogue com as empresas do setor de derivado de petróleo, para que seja possível negociar uma convenção coletiva, ao invés de diversos acordos de trabalho.

 

Fonte – Sindipetro Bahia